Avaliação Audiológica Infantil: saiba se seu filho ouve bem

Atualizado: Abr 18

3 exames simples podem auxiliar a diagnosticar uma série de problemas no sistema auditivo

Não é incomum que crianças apresentem atrasos da linguagem. Muitas vezes, esperar tempo demais para agir não é a melhor solução para desenvolver a fala. Um dos motivos que pode ocasionar o problema é, justamente, falha na audição. Para alívio dos pais, o problema é facilmente identificado, por meio de uma avaliação audiológica infantil. São 3 exames simples e importantes para diagnosticar o problema e para a correta e eficiente correção.

Entre os principais procedimentos da avaliação audiológica infantil estão a audiometria condicionada e a imitanciometria. Normalmente, esses exames são solicitados por médicos pediatras e otorrinolaringologistas quando o paciente apresenta sintomas como diminuição de audição, secreção ou dor de ouvido, e atraso de linguagem. Há ainda um terceiro procedimento, a audiometria vocal, onde vamos testar a capacidade da criança de responder a uma lista de palavras conhecidas.

O protocolo da avaliação audiológica infantil é adaptado de acordo com a idade e o desenvolvimento do paciente. O exame é realizado por fonoaudiólogo habilitado, dentro de uma sala acústica, adequada para o exame, e bem pertinho dos pais.


Conheça abaixo um pouco mais dos três exames que compreendem a avaliação explicados pela fonoaudióloga Andrea Soares (CRFa-2-11424), da FONOTOM, especialista em avaliação audiológica.

Audiometria tonal: Nesta técnica o fonoaudiólogo vai usar uma combinação de luz e som para conseguir captar a resposta da criança. “Por meio de estímulos visuais condicionamos a criança a dar respostas ao som, principalmente para aquelas que ainda não falam. Por isso chamamos esta avaliação de audiometria condicionada ou audiometria de reforço visual” – explica Andrea. A criança fica no colo da mãe e recebe estímulos combinados de luz e som em cada ouvido. Por meio da resposta visual e do comportamento da criança, o fonoaudiólogo é capaz de medir a quantidade de audição do paciente, com apresentação de estímulos de tons puros entre as frequências de 250Hz a 8KHz.

Audiometria vocal: Na avaliação audiológica infantil buscamos observar a capacidade que o paciente tem de discriminar os sons da fala. Para crianças pequenas, além de observar se respondem quando chamados pelo nome, podemos utilizar perguntas e respostas, pedir para apontar partes do corpo ou identificar desenhos. Essa é uma maneira importante de detectar a intensidade que o paciente compreende a fala. O que pode resolver desde problemas de aprendizado, até de socialização.


Imitanciometria: exame indolor e rápido que pode ser realizado desde o primeiro mês de vida. Ele avalia a flacidez ou rigidez da membrana do tímpano, bem como seus reflexos. Analisa também os ossículos do ouvido médio (martelo, bigorna e estribo) a pressão da orelha média. É um procedimento muito importante no diagnóstico de otite média e disfunção tubária, principalmente para crianças com infecções de ouvido recorrentes. Também pode ser solicitado como pré operatorio para avaliar a necessidade de uso de tubo de ventilação.

Imitanciometria alta frequência 1000 Hertz iniciada pra bebê, na Fonotom

Para o sucesso da avaliação audiológica infantil é importante entender o desenvolvimento do paciente e aplicar uma avaliação personalizada, já que esses exames dependem da colaboração da criança.


Em casos de bebês ou crianças com atraso de desenvolvimento global é possível observar reações aos sons com instrumentos musicais, além de tom puro. Quando necessário, pode-se encaminhar para exames objetivos, que complementem o diagnóstico audiológico.

As infecções de ouvido recorrentes e o atraso de linguagem pedem por uma avaliação audiológica para um diagnóstico correto. Atualmente, por lei, todas as crianças devem realizar o teste da orelhinha na maternidade. Existe ainda uma recomendação da Academia Americana de Pediatria para que todas as crianças em idade escolar realizem audiometria, que irá verificar possíveis alterações que interferem no aprendizado escolar.

Os pacientes que buscam por avaliação audiológica infantil em São Paulo podem contar com a FONOTOM. Com profissionais especializados em cuidados com a audição, a clínica conta com equipamentos de ponta, que podem avaliar a audição com auxilio de reforço visual, e realizar avaliação de reflexos estapedianos de alta frequência. Além de timpanometria com sonda de 1KHz, específica para avaliação de bebês, buscando assim diagnóstico preciso.

Procure seu médico e converse com ele sobre a importância da avaliação audiológica infantil. Esses três simples exames podem garantir muito mais qualidade de vida ao seu filho e corrigir problemas de fala, aprendizado e outras doenças.

Fotos: Reprodução e Fonotom

109 visualizações

FALE CONOSCO:

 

Central de Agendamento

   Telefone: (11) 93392-6028
   WhatsApp: (11) 93392-6028

 

Horário de agendamento

   Segunda à sexta-feira das 8h30 às 17h30

 

E-mail

   contato@fonotom.com.br

Horário de atendimento presencial:

   Segunda à sexta-feira, das 08h30 às 20h30h

   Quando aos sábados, das 8h30 às 14h.

Endereço:

   Avenida Angélica, 1968 sala 64 - Higienópolis,

   São Paulo - SP, 01228-200

Próximo à linha amarela do Metrô, entre as estações Mackenzie e Paulista.

  • Facebook ícone social
  • Instagram
  • YouTube ícone social
  • LinkedIn ícone social

© 2019 por Fonotom